JUSTIÇA

Sport pode ficar até dois anos sem poder registrar novos jogadores

Empresários de Rithely cobram dívida do Leão e acionam o clube na Câmara Nacional de Resolução de Disputas da CBF

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 16/02/2018 às 15:27
Foto: Williams Aguiar/ Sport
Empresários de Rithely cobram dívida do Leão e acionam o clube na Câmara Nacional de Resolução de Disputas da CBF - FOTO: Foto: Williams Aguiar/ Sport
Leitura:

A crise do Sport só faz aumentar. Depois da eliminação vexatória na Copa do Brasil, nesta quinta-feira, para o Ferroviário (da 4ª Divisão), agora o Leão pode ficar até dois anos sem poder contratar nenhum jogador. Isso porque, os empresários de Rithely acionaram o clube rubro-negro na Câmara Nacional de Resolução de Disputas da CBF, cobrando o valor referente à intermediação para a renovação contratual de Rithely com o Sport, no início do ano passado - na ocasião, o volante estendeu o seu vínculo até janeiro de 2022.

O Sport se comprometeu a pagar a quantia de R$ 850 mil, sendo em seis parcelas: a primeira no valor de R$ 50 mil, no dia 30/01/2017, e as cinco restantes de R$ 160 mil, nas seguintes datas: 30/07/17, 30/01/2018, 30/01/2019, 30/01/2020 e 30/07/2021. Contudo, segundo Tadeu Cruz, um dos representantes de Rithely, a diretoria rubro-negra só pagou a primeira parcela, sendo devedor de duas parcelas em aberto, no total de R$ 320 mil.

PUNIÇÃO

De acordo com o artigo 40 (referente a sanções), inciso 3º (às pessoas jurídicas, no que couber) do CNDR, se punido, o clube leonino pode ter:

I – bloqueio temporário de receita ou premiação econômica que tenha direito de receber da CBF ou de Federação;
II – devolução de premiação ou título conquistado em competição organizada pela CBF (apenas para clubes);
III – proibição de registrar novos atletas, por período determinado não inferior a 6 (seis) meses nem superior a 2 (dois) anos (apenas para clubes);
IV – proibição de registrar novos atletas por 1 (um) ou 2 (dois) períodos, completos e, se for o caso, consecutivos de registro internacional (apenas para clubes);
V – desfiliação ou desvinculação, respeitada a legislação federal.

NOTIFICAÇÃO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias