EM ALTA

Ex-jogadores do Internacional estão com moral no Sport

Além de Anselmo, Léo Ortiz e Ronaldo Alves, mais três colorados vão chegar no Leão nessa semana

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 19/03/2018 às 8:03
Foto: Alexandre Gondim/ Sport
Além de Anselmo, Léo Ortiz e Ronaldo Alves, mais três colorados vão chegar no Leão nessa semana - FOTO: Foto: Alexandre Gondim/ Sport
Leitura:

Diante da crise financeira instalada no clube e da pouca receita para investir em contratações, a diretoria do Sport tem procurado reforçar o elenco através de parcerias. E, devido ao bom relacionamento com os dirigentes do Internacional, vários jogadores colorados estão chegando por empréstimo. Só nesse ano, Léo Ortiz e Anselmo já conquistaram os seus espaços e são titulares absolutos do Leão, que na quarta-feira encara o Central em Caruaru pelas semifinais do Campeonato Pernambucano.

Nos próximos dias, mais três ex-atletas oriundos do clube gaúcho devem desembarcar no Recife: o zagueiro Ernando, o lateral-direito Cláudio Winck e o meia Andrigo. “Aqui (no Sport) tem vários atletas que passaram pelo Inter, agora vem mais alguns. Winck conheço dos tempos que ele era da base, já Ernando chegou depois que eu já tinha saído. São jogadores de qualidade e que vêm para nos ajudar. Vamos esperá-los de braços abertos para que possamos fazer uma grande temporada juntos”, declarou Ronaldo Alves, que também foi revelado nas categorias de base colorada - o goleiro Agenor e o meia-atacante Everton Felipe, também atuaram no Internacional.

Para o zagueiro Léo Ortiz, que pela primeira vez deixou o Rio Grande do Sul para jogar em outra equipe, chegar no Sport e ver vários rostos conhecidos lhe ajudou na adaptação. Ele acredita que os novos reforços vindos dos Pampas também encontrarão facilidade para se encaixar no grupo. “Alguns deles trabalhei na base. Isso torna mais fácil a adaptação no novo clube e a ficar mais à vontade para mostrar o seu melhor futebol. Quando cheguei aqui já conhecia Anselmo e Everton (Felipe), isso me ajudou muito. Acredito que vamos ajudá-los (novos colorados) também”, comentou.

ATLÉTICO-PR

Essa não é a primeira vez que o Sport aposta nessa estratégia. Em 2006, por exemplo, o clube leonino também não passava por boa situação financeira e conseguiu montar um grupo competitivo graças à parceria firmada com o Atlético-PR.

Na época, chegaram no Leão o zagueiro Durval, os meias Rodriguinho e Wellington, além dos atacantes Anderson Aquino e Jadilson. Um outro atleta com passagem pelo Furacão e que foi peça fundamental naquele time foi o meia armador Geraldo. Na ocasião, a equipe rubro-negra conseguiu o acesso, terminando a Série B na vice-liderança.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias