pedestrianismo

Pichação na Ilha do Retiro pede a saída do presidente Arnaldo Barros

Muro da Ilha do Retiro foi pichado por torcedores do Sport, que pediram a saída do presidente Arnaldo Barros. A pichação é consequências da eliminação precoce do Leão no Campeonato Pernambucano

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 25/03/2018 às 16:01
Leo Motta/JC Imagem
Muro da Ilha do Retiro foi pichado por torcedores do Sport, que pediram a saída do presidente Arnaldo Barros. A pichação é consequências da eliminação precoce do Leão no Campeonato Pernambucano - FOTO: Leo Motta/JC Imagem
Leitura:

Eliminado do Campeonato Pernambucano pelo Central na última quarta-feira, o Sport voltou a encarar nova crise dentro e fora dos gramados. A equipe comandada por Nelsinho Baptista ficará até o dia 14 de abril, data da estreia do Campeonato Brasileiro, sem disputar uma competição sequer. A torcida rubro-negra não está nada satisfeita com a situação e aproveitou para demonstrar sua revolva nos muros da sede da Ilha do Retiro, neste domingo.

O local apresenta mensagens pedindo a saída do presidente Arnaldo Barros. "Fora Arnaldo", diz uma das pichações. Em outro momento, a torcida pede para que o time volte a vencer jogos. "Devolva nosso time", diz outra mensagem.

COMPETIÇÕES

Em 2018, o Sport foi eliminado precocemente da Copa do Brasil, não entrou na disputa da Copa do Nordeste, restando apenas o Estadual. Na última quarta-feira, porém, o Leão foi eliminado nas semifinais do Pernambucano pelo Central. Insatisfeita, a torcida pressiona por mudanças na diretoria.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias