Presidente

Juiz intima Arnaldo Barros a dar resposta a sócios do Sport

Mandatário leonino trava "batalha" com sócios do clube

Haim Ferreira
Haim Ferreira
Publicado em 12/09/2018 às 20:39
André Nery/Acervo JC Imagem
Mandatário leonino trava "batalha" com sócios do clube - FOTO: André Nery/Acervo JC Imagem
Leitura:

Após ver cair a liminar que impedia a realização de uma Assembleia Geral Extraordinária, o presidente do Sport, Arnaldo Barros, voltará a travar mais uma batalha jurídica com sócios do clube. No último dia 31 de agosto, juiz Ailton Alfredo, do Juizado do Torcedor, proferiu o despacho referente à ação de obrigação solicitada por um grupo de sócios em março deste ano.

O requerimento solicitava a entrega de um relatório detalhado da situação financeira do clube, explicações sobre as operações de compra, venda e empréstimo de jogadores, além de informações sobre as receitas do clube. Antecipação de quotas de televisão, atraso no salário de funcionários e um aprofundamento da folha administrativa do Sport também entraram no pedido, assim como o valor da folha salarial do futebol profissional e os motivos para a desistência da Copa do Nordeste.

Todas as rogativas têm parâmetros legais, conforme o artigo 45 do Estatuto do Leão. Como, segundo o "Sport acima de tudo", apenas um espelho do balanço econômico e uma lista de sócios foi entregue, o grupo realizou uma petição. A segunda ação pede uma medida mais drástica para a resolução do caso, incluindo o afastamento imediato de Arnaldo da gestão executiva do clube rubro-negro. Desde a última segunda (10), um prazo de leitura de 10 dias já está vigorando e, a partir de 20 de setembro, Arnaldo é obrigado a dar resposta para o Juizado.

"Somos associados do clube e estamos apenas buscando nosso legítimo direito, como está determinado no estatuto do clube", disse Bruno Batista, advogado do grupo de associados. A reportagem tentou entrar em contato com a assessoria do presidente Arnaldo Barros, mas não obteve resposta.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias