SPORT

DM do Sport mostra animação, mas não crava volta de Hernane contra o Atlético-PR

Diretor médico Cléber Maciel também avalia situação de Rogério

Diego Borges
Diego Borges
Publicado em 09/10/2018 às 11:41
Williams Aguiar/Sport
Diretor médico Cléber Maciel também avalia situação de Rogério - FOTO: Williams Aguiar/Sport
Leitura:

Nesta reta final de Campeonato Brasileiro, onde briga para evitar o rebaixamento, o Sport precisa contar com o máximo de qualidade técnica do elenco. E uma das maiores queixas recai sobre o poder ofensivo do time. Na próxima partida, contra o Atlético-PR no domingo, o treinador Milton Mendes vive a expectativa de contar com Hernane Brocador, principal esperança de gols, mesmo marcando uma vez em seis jogos.

Apesar de ser liberado do Departamento Médico na última segunda-feira, segundo informou o médico do Sport Rodrigo Perez, o atacante ainda não tem a volta aos gramados determinada para o jogo contra o Furacão. No entanto, as chances do camisa nove atuar são boas.

"Hernane teve uma lesão muito séria no ombro. É um jogador compromissado e comprometido, e vem aplicando de forma absurda. É uma semana determinante para ele jogar, mas estamos animados", destacou o diretor médico do Sport, Cléber Maciel, em entrevista à Rádio Jornal, porém sem confirmar a presença do atleta na delegação que enfrenta o Furacão.

"Não posso cravar, mas diante da evolução da última semana e do caráter do atleta, estou animado com a possibilidade da presença no próximo jogo", ressalta.

Caso Hernane não tenha condições de jogo no próximo domingo, o DM rubro-negro projeta a sua volta na rodada seguinte, contra o Vasco. "Diria que sim, após o Atlético-PR, o atleta tem totais condições de retorno."

ROGÉRIO E SANDER

Além de Hernane, o atacante Rogério também integra o DM. No entanto, segundo a previsão de Cléber Maciel, segue vetado para o jogo do próximo domingo. "Vem evoluindo bem, mas é uma evolução diária. Acho dificil que ele jogue conta o Atlético-PR, mas a gente vem trabalhando para manter ele bem fisicamente."

O diretor médico revelou ainda o procedimento no caso do atacante. "Rogério teve um processo infeccioso. Foi submetido a um pequeno procedimento cirúrgico para drenar o local da lesão, além de tratamento fisioterápico."

E explicou o tratamento ao qual o lateral Sander, suspenso da partida, será submetido. "A gente já fez um planejamento. Como não joga, fica mais fácil para recuperar o atleta para estar 100% nos próximos jogos", pontuou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias