ELEIÇÃO

Milton Bivar é o mais novo candidato à Presidência do Sport

Presidente campeão da Copa do Brasil de 2008 recebeu o apoio de outros sete ex-presidentes rubro-negros

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 16/10/2018 às 16:24
Foto: Filipe Farias/ Editoria de Esportes JC
Presidente campeão da Copa do Brasil de 2008 recebeu o apoio de outros sete ex-presidentes rubro-negros - FOTO: Foto: Filipe Farias/ Editoria de Esportes JC
Leitura:

Milton Bivar é o mais novo candidato à Presidência do Sport. A decisão foi tomada após uma reunião na tarde desta terça-feira (16), em um restaurante na Zona Sul do Recife, onde estiveram presentes oito ex-presidentes, conselheiros e ex-dirigentes do clube.

"O Sport está precisando disso: união. Ter gente para trabalhar pelo clube. Em grupo. Porque ninguém faz nada sozinho. Não se pode pegar um clube do tamanho e da grandeza do Sport e tentar resolver tudo só", falou Milton Bivar.

O nome do presidente campeão da Copa do Brasil de 2008 foi aprovado por unanimidade entre outros sete ex-presidentes: Luciano Bivar, Jarbas Guimarães, Severino Otávio (Branquinho), Homero Lacerda, Wanderson Lacerda, Fernando Pessoa e Arsênio Meira.

"O nosso candidato é Milton. Houve um consenso e não vai ter outro nome saindo dessa reunião das lideranças do clube. Vamos ver se o Sport sai desses problemas todos. Sabemos das dificuldades que o clube tem. A situação é delicada. Queremos transparência para saber até onde vai a extensão dos danos causados para tentar soerguer o clube", comentou Luciano Bivar. 

LIBERDADE

De acordo com o próprio Milton, o grupo formado por ex-mandatários do clube vai apoiá-lo incondicionalmente, sem nenhum tipo de indicação de cargos dentro de uma futura direção do Sport. "Uma coisa ficou clara nessa reunião: não houve nenhuma imposição por parte do grupo. Me deixaram à vontade para que eu possa trabalhar. Não tenho compromisso com ninguém. De ter de colocar ninguém que não queira na diretoria. Todos me deixaram bem à vontade para escolher o que eu achar que é melhor para o Sport", garantiu o candidato à presidência rubro-negra.

Questionado sobre a composição de sua chapa, Milton falou que ainda é cedo para falar em nomes. "Eu tenho um grupo que trabalhou comigo em 2006. Outros que trabalhei em 2007 e 2008, além de alguns novos que se dispuseram. Vamos dar uma injeção forte nesses garotos para que no futuro o Sport possa ter novos dirigentes preparados e que saibam não só de futebol, mas de todo o metiê do futebol", contou.

"Ainda faltam dois meses para a eleição. Seria um desgaste apresentar uma chapa agora com os nomes do vice-presidente e do vice de futebol. Aliás, eu não gosto desse cargo de vice de futebol. Vou ver como posso resolver essa questão. Porque parece que tem três, quatro diretores e um (vice de futebol) que manda nos demais. Não gosto disso. Talvez eu não tenha esse vice de futebol. Vão ter quatro diretores de futebol", explicou Milton Bivar.

Essa confiança foi reforçada nas palavras do ex-presidente Fernando Pessoa. “O candidato a presidente do Sport tem de ter total liberdade. Só tem ele e mais três nomes para montar esses cargos eletivos, que é de suma confiança dele. Ele (Milton) que tem de escolher. E, com quem ele quiser caminhar, nós caminharemos com ele”.

O possível rebaixamento do Sport para a Série B também foi discutido na reunião. Afinal, caso se confirme o descenso do time leonino, o próximo presidente terá de encarar uma realidade financeira bastante modesta. “Todos nós estamos preparados para enfrentar a desgraça financeira que a atual gestão vai deixar de herança para o próximo presidente. Nunca vi uma administração tão desastrosa como essa... Não só financeiramente, como administrativa e no futebol”, disparou Wanderson Lacerda.

OUTRO CANDIDATO

Antes de Milton Bivar se lançar candidato à presidência do Sport, o advogado Eduardo Carvalho já tinha lançado a sua candidatura como oposição à atual gestão do Sport, que por sua vez ainda não apresentou nenhum nome para concorrer ao cargo - nos bastidores o nome que circula é o de Augusto Carreras, ex-diretor de futebol do clube.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias