TRABALHO

Equipe de Milton Bivar já começa a trabalhar no Sport nesta quarta

Novo presidente do Leão afirmou que o seu 'comitê de crise' vai averiguar as contas do clube

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 19/12/2018 às 7:13
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Milton Bivar fez prevalecer o seu favoritismo e foi eleito, na última terça (18), como o novo presidente do Sport para o biênio 2019/2020 com uma votação expressiva - 2.447, contra 329 de Eduardo Carvalho e 25 nulos. Sem esconder que o seu forte é o futebol, o novo mandatário já anunciou que o treinador que vai tocar o seu projeto será Milton Cruz. Além do novo técnico, Bivar também revelou a composição de sua diretoria de futebol, capitaneada pelo ex-presidente Wanderson Lacerda.

Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem

“Está tudo acertado com Milton Cruz. Ele se dispôs a trabalhar pelo Sport. Ele é louco pelo Sport, é ex-atleta do clube. Sujeito com uma potencialidade enorme. São 19 anos trabalhando no São Paulo, com um network imenso. Conhece todo tipo de jogador e sabe trabalhar como ninguém com a base. Além disso, está com o maior tesão de trabalhar no Sport”, garantiu Bivar, para logo depois revelar os membros do departamento de futebol. “Vai ficar a cargo de Wanderson Lacerda, Júlio Neto, Chico Guerra, Augusto Moreira e Nelo Campos. Já Klauss Câmara também acertou conosco e se dispôs inclusive a baixar o seu salário para compor nosso grupo e nos ajudar”, afirmou. Em contrapartida, o nome de Marcelo Sant’Ana está cada vez mais distante da Ilha do Retiro. Apesar de a nova diretoria rubro-negra ter gostado do projeto do dirigente baiano, o patamar financeiro dele é fora da realidade que o Sport terá em 2019.

 

Também irão compor a nova direção do clube da Praça da Bandeira: Carlos Frederico (vice-presidente executivo), Fernando Pessoa (presidente do Conselho Deliberativo) e Ricardo de Sá leitão (vice-presidente do Conselho Deliberativo). Além da presidência em 2008, quando foi campeão da Copa do Brasil, Bivar também já ocupou os cargos de diretor de futebol (2006) e de vice-presidente de futebol (2013).

A ideia do novo mandatário do Leão é de promover uma renovação e dar oportunidade para que novas lideranças surjam no clube. Contudo, essa transição será mesclada com os dirigentes mais antigos. “Quem conhece futebol e sabe fazer não desaprende. Eu acho que vamos ter uma certa dificuldade no início, por conta da situação do clube, mas com esse pessoal jovem que convoquei para fazer parte dessa renovação, tenho certeza que eles vão nos dar uma ajuda substancial no nosso trabalho”, acredita.

Assim como falou ao longo de toda a campanha eleitoral, uma das primeira medidas que Milton pretende colocar em prática será o de pedir uma auditoria para averiguar as contas do clube dos últimos quatro anos. A atual gestão de Arnaldo Barros deve quatro meses de salário ao elenco e inclusive o clube já perdeu na Justiça o vínculo com os volantes Jair e Fabrício. O Sport vai jogar em 2019 apenas a Série B, o Estadual e a Copa do Brasil – Arnaldo Barros também tirou o clube da Copa do Nordeste.

TRANSIÇÃO

Milton Bivar já tinha confirmado que criou um ‘comitê de crise’, com advogados, contadores, empresários e auditores fiscais para analisarem as contas do clube e tomar as devidas providências o mais rápido possível. De acordo com apuração da reportagem do Jornal do Commercio, essa equipe já vai entrar em ação hoje à tarde, quando o atual CEO do Sport, Fernando Halinski, vai ser o responsável pela transição entre as gestões.

Aos 66 anos, Milton se torna o 11º presidente a comandar o Sport em mais de um mandato - a primeira vez que assumiu o clube foi no biênio 2007/2008. A posse do novo mandatário do Leão vai acontecer no dia 4 de janeiro de 2019.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias