CARÊNCIA

Antes de contratar um lateral-esquerdo, o Sport vai analisar os pratas da casa

Na temporada 2018, a posição foi uma das mais carentes do elenco rubro-negro, que só contava com o titular Sander

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 01/01/2019 às 15:14
Foto: JC Imagem
Na temporada 2018, a posição foi uma das mais carentes do elenco rubro-negro, que só contava com o titular Sander - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

Um dos principais calos do Sport na temporada 2018, sem dúvida, foi a lateral esquerda. Ao longo do último ano, a diretoria rubro-negra não conseguiu achar um substituto à altura do titular Sander (Capa, Jean e o prata da casa Evandro não convenceram). Tanto que, com sua lesão no tornozelo que o tirou da reta final do Brasileirão, o time leonino teve de atuar com um atleta improvisado na posição (Raul Prata e Ernando).

Contudo, para o início da pré-temporada 2019, a nova direção do Leão não pretende contratar de imediato um lateral-esquerdo, e vai aguardar por uma melhor avaliação do técnico Milton Cruz em cima do elenco. "No último domingo, aconteceu um treino no CT com 18 atletas que já estão trabalhando. Evandro foi muito bem no coletivo. Mostrou que tem condições. Mas isso quem vai definir é o treinador. Temos um outro (lateral-esquerdo) nos juniores também que mostrou uma postura muito boa", disse Nelo Campos, diretor de futebol do Sport, em declaração concedida ao repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal.

Ainda de acordo com o dirigente rubro-negro, a contratação de um novo lateral não está descartada. "Isso será discutido com a chegada de Milton (Cruz). Após a reapresentação do elenco, se houver necessidade, vamos buscar mais um lateral-esquerdo se esse for o desejo de Milton. Mas, no momento, ele vai analisar os pratas da casa, pois temos bons laterais no clube", falou.

ELENCO

Outra questão que será conversada diretamente com o treinador leonino será com relação ao número de atletas do elenco profissional. "No dia 2 (quarta-feira) vamos ter uma conversa com Milton Cruz. Na reapresentação, no dia 3, terá em torno de 32 a 34 atletas. Vamos ter de analisar as carências... Algumas já sabemos pois estamos acompanhando nesses dias. Mas só depois de avaliar todo o grupo vamos discutir o número de jogadores que vamos trabalhar", explicou Campos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias