AÇÃO

Polícia usa bomba de efeito moral para dispersar torcedores

Os torcedores rubro-negros estavam provocando os alvirrubros no alambrado da Ilha do Retiro quando a polícia agiu

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 27/01/2019 às 21:24
Leonardo Vasconcelos / Especial para o JC Imagem
Os torcedores rubro-negros estavam provocando os alvirrubros no alambrado da Ilha do Retiro quando a polícia agiu - FOTO: Leonardo Vasconcelos / Especial para o JC Imagem
Leitura:

O Clássico dos Clássicos deste domingo (27), na Ilha do Retiro, que terminou com a vitória rubro-negra por 3x1, foi marcado pela tranquilidade. Os únicos pequenos incidentes registrados foram dentro do estádio nos dois últimos gols rubro-negros e no intervalo do jogo.

No segundo gol do Sport, marcado por Ezequiel, aos 32 minutos do primeiro tempo, um grupo de dez torcedores do Sport foi até o alambrado que dividia as torcidas para provocar a torcida alvirrubra, com gestos e gritos. De início, os policiais que estavam na área apenas observaram, mas depois de alguns minutos ao ver a insistência do grupo usaram uma bomba de efeito moral para dispersar o grupo que posteriormente teve a atenção chamada pela polícia.

Veja o vídeo:

O segundo caso foi no término da primeira etapa quando o técnico Márcio Goiano foi se dirigindo junto com os jogadores para o túnel que dá acesso ao vestiário. Um torcedor alvirrubro desceu as arquibancadas para xingar de forma efusiva o treinador. Ele foi contigo pelos policiais e depois retirado do estádio. A reportagem do JC fez vídeos destas duas ações no estádio.

O terceiro caso foi no terceiro tento do Leão, marcado por Adryelson, aos 11 minutos do segundo tempo. Os atletas foram comemorar em frente a um setor de arquibancada e quando os torcedores se dirigiram ao alambrado um policial disparou pelo menos cinco vezes jatos de spray de pimenta no grupo que estava apenas comemorando o gol, sem sinais de briga ou invasão de campo. A reportagem do JC tentou obter resposta sobre o posicionamento da PMPE neste último caso.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias