Atenção

Apesar da vantagem, jogadores do Sport afirmam que o título estadual ainda está aberto

Mesmo pregando respeito ao Náutico, no segundo jogo, os rubro-negros se mostraram confiantes em conquistar o título diante da torcida na Ilha do Retiro

Robert Gabriel
Robert Gabriel
Publicado em 14/04/2019 às 19:13
Notícia
Alexandre Gondim/JC Imagem
Mesmo pregando respeito ao Náutico, no segundo jogo, os rubro-negros se mostraram confiantes em conquistar o título diante da torcida na Ilha do Retiro - FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Polêmica a parte, em relação ao lance que decidiu o jogo, os jogadores do Sport comemoram a vantagem, obtida na primeira partida da final, de poder empatar no próximo domingo (21), na Ilha do Retiro, e conquistar o 42º título do Campeonato Pernambucano. Apesar da confiança, os atletas também afirmaram que nada está decidido e é importante manter o foco na segundo confronto.

"Um a zero nos dá a vantagem de empate. Mas vai ser um jogo difícil também. Sabemos da dificuldade de um clássico, independente como foi o primeiro jogo", alertou o autor do gol Ezequiel.

Mesmo com o resultado positivo, o atacante Hernane acredita que o placar poderia ter sido mais elástico, diante das chances criadas pelo. "É uma sensação muito boa de ganhar nos Aflitos. Nossa equipe estava bem focada. Poderíamos ter levado dois ou três gols de vantagem. Agora vamos contar a nossa torcida e temos tudo para levar esse título" disse.

PRECAUÇÃO

Apesar de entrar em campo como campeão, pelo resultado de empate, o lateral-direito Norberto também abordou que tudo pode acontecer e apenas o resultado segundo jogo define quem levanta o título estadual de 2019 . "É uma vantagem importante, mas não é determinante. Temos que fazer o papel de casa. Da mesma forma que ganhamos aqui (nos Aflitos), eles podem ganhar lá. Temos que estar concentrados para fazer um bom jogo", reforçou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias