Rubro-negro

Sport: Milton Bivar divulga relatório do 1º semestre de sua gestão

Presidente leonino tomou posse no dia 2 de janeiro e segue até 2020 no comando do clube leonino

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 09/09/2019 às 15:33
Bobby Fabisak/JC Imagem
Presidente leonino tomou posse no dia 2 de janeiro e segue até 2020 no comando do clube leonino - FOTO: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Empossado como presidente do Sport no dia 2 de janeiro deste ano, o presidente Milton Bivar divulgou, nesta segunda-feira (9), relatório administrativo de seu primeiro semestre comandando rubro-negro. O documento traz uma síntese de todos os cortes e investimentos feitos pelo atual executivo nos diversos setores do clube da Praça da Bandeira. 

No que diz respeito aos ajustes feitos pela nova gestão, chamou atenção a redução de R$ 800 mil, por ano, em contratos do Departamento de Tecnologia da Informação. Esse valor envolvia o custo mensal com a MultiClubes e com a TOTVS. Outra economia exibida pelo relatório foi o distrato com a Under Armour, realizado de "forma amigável e sem custos adicionais" para o Leão, segundo o texto.

 Nos primeiros seis meses da gestão Milton Bivar, o rubro-negro pernambucano teve 69 processos trabalhistas ajuizados na Justiça. Desses, houve um acordo judicial e 12 extrajudiciais envolvendo ex-funcionários do setor administrativo do Sport. 

INFORMAÇÕES DA BASE

No que diz respeito aos novos talentos revelados pelo Sport, a gestão Milton Bivar teve como pontos altos a convocação do lateral-esquerdo Diego Ferreira para a seleção brasileira Sub-17, a venda do volante Jadson para o Cruzeiro e o empréstimo de Elias para o Athetico-PR.

Para a equipe profissional, subiram o zagueiro Chico, o lateral-esquerdo Vicente, o meia  Pedro Maranhão e o lateral-direito Ewerton.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias