SÉRIE B

No apagar das luzes, Sport consegue empate em 2x2 com o Vitória

Com o ponto conquistado, o rubro-negro pernambucano chegou aos 45 pontos e se igualou ao Atlético-GO

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 03/10/2019 às 23:26
Análise
Foto:  ROMILDO DE JESUS/ ESTADÃO CONTEÚDO
Com o ponto conquistado, o rubro-negro pernambucano chegou aos 45 pontos e se igualou ao Atlético-GO - FOTO: Foto: ROMILDO DE JESUS/ ESTADÃO CONTEÚDO
Leitura:

Um gol no apagar das luzes. O Sport foi insistente até o final da partida e acabou sendo recompensado com um gol no último minuto, arrancando um empate em 2x2 com o Vitória, nesta quinta-feira (3), na Arena Fonte Nova, pela 26ª rodada da Série B. Mesmo com o ponto conquistado, o Leão da Ilha não conseguiu assumir a vice-liderança da competição, já que empatou em número de pontos com o Atlético-GO (45), mas perde em número de vitórias (12 x 11).

Os gols da partida foram marcados por Anselmo Ramon e Wesley, para os baianos, enquanto que Guilherme e Pedro Carmona marcaram para os pernambucanos. O Sport volta a campo na próxima segunda-feira (7), quando encara o CRB, às 20h, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

O JOGO

Mesmo figurando em lados opostos na tabela, não foi o Sport, que está no G-4, que tomou a iniciativa da partida. Pressionado para deixar o Z-4, o Vitória procurou incomodar o time pernambucano desde os primeiros minutos. É bem verdade que os comandados de Guto Ferreira estavam bem postados em campo e davam pouco espaços aos baianos, mas, mesmo assim, eles conseguiram assustar Maílson.

O primeiro susto foi logo aos oito minutos... Após cobrança de escanteio de Felipe Gedoz, Charles tentou afastar mas a bola acabou pegando na cabeça de Léo Gomes e indo na direção do gol do Sport. Pra sorte, a bola passou raspando a trave. O Leão da Ilha, na maior parte do primeiro tempo, teve maior posse de bola, sendo que não conseguia traduzir em chances de gol.
Por outro lado, a medida que os minutos corriam no cronômetro, o Vitória conseguia encontrar brechas para incomodar Maílson. Como aconteceu aos 26 minutos, quando Anselmo Ramon achou Lucas Cândido livre na entrada da área para chutar com perigo e obrigar o goleiro do Sport a espalmar para escanteio.

Porém, aos 30, não teve jeito. O lateral Van recebeu passe dentro da área e chutou cruzado... Maílson espalmou para o lado e Anselmo Ramon só teve o trabalho de escorar de cabeça para as redes: 1x0. Mesmo após sofrer o gol, o Sport não conseguia se encontrar ofensivamente e pouco produzia.

O time pernambucano mudou de postura após o intervalo. A ordem de Guto, então, era pra atacar com mais frequência. Entretanto, foi o Vitória que obteve êxito ofensivo. Aos 11, Rafael Thyere foi sair jogando e acabou perdendo a bola para Léo Gomes, que rolou para Wesley entrar na área e finalizar com precisão: 2x0.

Ao contrário do que aconteceu ao levar o primeiro gol, desta vez, o Sport conseguiu dar uma resposta imediata. Aos 15, Hernane puxou o contra-ataque e rolou para Guilherme, que estava aberto na esquerda. O camisa 11 foi pra cima da marcação, cortou pra dentro e chutou colocado, no ângulo de Martín Rodriguez: 2x1.

O gol animou os comandados de Guto Ferreira, que partiram em busca do empate. E que quase veio aos 32, quando Pedro Carmona recebeu um passe escorado de Hernane Brocador na entrada da área e chutou com violência rende a trave de Martín Rodriguez, assustando a torcida baiana.

Aos 48 minutos, Pedro Carmona cobra falta lateral em direção a área, ninguém desviou na bola e ela acabou morrendo no fundo das redes: 2x2.

Ficha do jogo

VITÓRIA

Martín Rodriguez; Van, Everton Sena, Ramon e Capa; Rodrigo Andrade (Gabriel Bispo), Léo Gomes, Lucas Cândido e Felipe Gedoz (Dedé); Wesley e Anselmo Ramon (Caicedo). Técnico: Geninho.

SPORT

Maílson; Norberto (Elton), Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Willian Farias, Charles e Leandrinho (Pedro Carmona); Guilherme, Yan (Marcinho) e Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira.

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG).
Assistentes: Celso Luiz da Silva e Frederico Soares Vilarinho (ambos de MG).
Gols: Anselmo Ramon, aos 30 minutos do 1º tempo. Wesley, aos 11, e Guilherme, aos 15, e Pedro Carmona, aos 48, do 2º tempo.
Cartões amarelos: Anselmo Ramon e Capa (VIT) e Charles e Norberto (SPO).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias