equívoco

Mensagem para sócios do Sport cita ''sócio alvirrubro''

É outro equívoco com o Náutico em pouco mais de uma semana

Karoline
Karoline
Publicado em 14/02/2020 às 20:12
Notícia
Foto: Reprodução/Twitter @ericaxavier
É outro equívoco com o Náutico em pouco mais de uma semana - FOTO: Foto: Reprodução/Twitter @ericaxavier
Leitura:

Atualizada às 20h39

Pouco mais de uma semana depois de tocar o hino do Náutico na Ilha do Retiro, mais uma bronca do Sport com os torcedores do clube. Nesta sexta-feira (14), rubro-negros relataram nas redes sociais o recebimento de mensagens SMS os chamando de "sócio alvirrubro". O clube emitiu uma nota, afirmando que o erro foi cometido pela empresa responsável pelo envio das mensagens.

Se tratava de uma mensagem automática para os associados ao clube rubro-negro para convocar a torcida para o Baile Vermelho e Preto, comemoração de carnaval do Sport. Em seu perfil no Twitter, a torcedora Erica Xavier publicou uma captura de tela da mensagem.

"Sport: ERICA, voce e o nosso convidado especial para o Baile de Carnaval Vermelho e Preto! Socio Alvirubro nao paga entrada (sic)" diz o SMS. Outros torcedores responderam ao post de Erica, também com prints das mensagens iguais, trocando apenas o nome do associado ao clube.

O equívoco foi da FutebolCard, a mesma empresa contratada pelo Sport para resolver os assuntos relacionados aos sócios e a mesma que atende ao Náutico. Em seguida, foi enviado aos torcedores o pedido de desculpas. "FutebolCard: A FutebolCard pede desculpas ao torcedor rubro-negro pelo equivoco no SMS anterior (sic)", completou.

O Sport emitiu uma nota falando sobre o assunto.

"O Sport Club do Recife esclarece que o erro visto em disparo de SMS na noite desta sexta-feira (14) para seus sócios foi cometido pela empresa responsável pelo envio em massa das mensagens, a FutebolCard. O Clube lamenta o ocorrido e informa que a empres

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias