Leão

Bivar prega cautela com elenco do Sport: 'Muitos chegaram outro dia'

Milton Bivar tratou com naturalidade a saída de Guto Ferreira do Sport

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 15/02/2020 às 7:28
Notícia
Foto: Anderson Stevens/Sport
Milton Bivar tratou com naturalidade a saída de Guto Ferreira do Sport - FOTO: Foto: Anderson Stevens/Sport
Leitura:

Apesar dos maus resultados no começo desta temporada, o presidente Milton Bivar pediu paciência com os jogadores do Sport. A justificativa dele é que o elenco começou a trabalhar no início de janeiro e ainda precisa de uma maior sequência. Ele saiu em defesa dos jogadores, nessa sexta-feira, na entrevista coletiva, no CT do Leão, após a demissão do técnico Guto Ferreira.

> Sport acerta com Daniel Paulista para substituir Guto Ferreira
> Possível acerto entre Jair Ventura e Sport ganha torcida de campeão mundial
> Mensagem para sócios do Sport cita ''sócio alvirrubro''

“Quando se faz o planejamento existem ajustes. Tivemos que montar quase três times para seguir ajustando e não estourar ninguém. É difícil cobrar um elenco que chegou em janeiro. Muitos chegaram outro dia no Sport. Mugni não sabe nem o CEP daqui. Brocador jogou no sacrifício, todo mundo viu. Alguns atletas precisam de mais alguns meses”, afirmou Bivar.

Sobre novos reforços, Milton foi direto e frisou que o Sport só deixar o mercado quando não puder inscrever novos atletas na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A contratação mais recente foi o meia argentino Jonatan Gomez, que se destacou no Brasileirão em 2019 pelo CSA. A equipe conta com dez reforços, sem contar com o meia Diego Noronha, reprovado no período de avaliação.

“Só encerro em agosto quando não puder mais. Até lá podemos contratar, de acordo com a questão financeira”, pontuou o presidente.

JONATAN GOMEZ

Milton Bivar ainda revelou que a mais recente contratação do Sport é um desejo antigo. “Desde o começo do ano estamos tentando contratar Jonatan Gomez. Com calma, tivemos que ter paciência, dobrar o São Paulo. É muito fácil quando você vai no supermercado com dinheiro para gastar”, disse.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias