residencial

Oportunidade em Peixinhos

O Quinta das Ladeiras terá 256 apartamentos distribuídos em três blocos e a entrega está marcada para meados de 2014

Lara Holanda
Lara Holanda
Publicado em 03/01/2013 às 0:20
Divulgação
O Quinta das Ladeiras terá 256 apartamentos distribuídos em três blocos e a entrega está marcada para meados de 2014 - FOTO: Divulgação
Leitura:

O bairro de Peixinhos vai ganhar mais um residencial da Construtora Carrilho. Há cerca de um mês, a empreiteira deu início à construção do Morada das Quintas – Quinta das Ladeiras, que está sendo comercializado há cerca de 15 dias. O residencial terá 256 unidades distribuídas em três blocos. A previsão é que seja entregue até meados do próximo ano. O conjunto faz parte de um grande condomínio, onde já foi entregue o Quinta das Ruas e estão sendo finalizados o Quinta do Carnaval e o Quinta das Praças.

Numa área com cerca de 9 mil metros quadrados (m²) na Travessa Vasco Rodrigues, o Morada das Quintas – Quinta das Ladeiras terá em torno de 12 mil m² de área construída. A velocidade da construção permitirá a entrega do empreendimento até julho de 2014. Por dia, são levantados oito apartamentos, aponta o diretor da Carrilho, Antônio Carrilho.

“Estamos usando o método construtivo através de formas metálicas para montagem da estrutura e moldagem do concreto in loco”. Além dos prédios, o condomínio terá área de lazer e estacionamento rotativo, com uma vaga para cada morador.

As unidades terão dois modelos de planta, com tamanhos entre 40,41 m² e 44,97m², sendo este último maior por conta da varanda. Cada imóvel terá dois quartos, banheiro, cozinha com uma área de serviço contígua e sala. As torres terão oito pavimentos, sendo sete andares mais o térreo, e vão contar com elevador.

No primeiro bloco, serão oito unidades por andar, totalizando 64 residências. O segundo prédio terá 12 apartamentos por andar, completando 96 unidades. Para completar as 256 unidades do residencial, a terceira torre terá também 96 apartamentos.

O Morada das Quintas – Quinta das Ladeiras vai contar com salão de festas, playground, área de ginástica, dois gazebos, um com espaço para jogos e outro para leitura, pista de triciclo, minicampo e até lava-jato. Antônio Carrilho destaca a oferta maior de itens de lazer, como já acontece nos condomínios-clube.

“Antes, os projetos voltados para a faixa 2 do Minha Casa, Minha Vida [com renda mensal até R$ 3.100] eram produzidos apenas com a finalidade de atender à demanda por habitação. Hoje já oferecem outros benefícios para os moradores”, diz Carrilho. O preço médio de cada unidade do residencial é de R$ 117 mil. Os imóveis menores estão sendo comercializados a partir de R$ 114 mil, com parcelas mensais em torno de R$ 290.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias