Folia

Olinda abre o Carnaval com Bonsucesso, Alceu e Claudionor

Festa será às 19h desta quinta-feira (12), no Fortim do Queijo, à beira-mar do Sítio Histórico

Da Editoria Cidades
Da Editoria Cidades
Publicado em 12/02/2015 às 8:08
Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem
Festa será às 19h desta quinta-feira (12), no Fortim do Queijo, à beira-mar do Sítio Histórico - FOTO: Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem
Leitura:

Toquem os clarins e rufem os tambores porque faltam poucas horas para a abertura do Carnaval mais esperado do mundo e os olhos do planeta se voltam, é claro, para a cidade de Olinda. A festa começa às 19h desta quinta-feira (12), no Fortim do Queijo, no bairro do Carmo, com show da banda olindense Bonsucesso Samba Clube, que vai mesclar músicas do novo disco, Coração da boca sai, com composições de outros artistas. Depois, sobem ao palco Alceu Valença, Claudionor e Nonô Germano.

Vocalista da Bonsucesso, Rogerman adianta para os fãs ansiosos um pedacinho do repertório desta noite: Superar, um frevo-rock’n’roll da banda; músicas variadas dos três discos do grupo; além de clássicos como Madeira que cupim não rói, de Capiba, em ritmo de tango, e Energia, de Lula Queiroga. “Carnaval é uma festa de rua, de alegria, o show não é autoral, escolhemos músicas animadas”, diz Rogerman, que abre a folia em Olinda pela primeira vez.

“É uma honra dividir este momento com Alceu, Claudionor e o Maracatu Nação Pernambuco, que fará apresentação no chão”, declara o artista. Para quem não conhece ou não sabe de cor a letra das canções da banda, e não quer passar recibo, Rogerman ensina o caminho das pedras. As letras estão disponíveis, e de graça, no site bonsucessosambaclube.com e também no youtube. É só baixar e treinar em casa. Dá tempo!

Um dos homenageados do Carnaval, o Maracatu Nação Pernambuco comemora 25 anos de fundação em 2015 e espera pelo público às 20h30. Alceu Valença toma conta do palco do Fortim às 22h, cantando sucessos como Diabo Louro e Tropicana, e passará a batuta para a dupla Nonô e Claudionor Germano, às 23h30. Intérprete de frevo, Claudionor celebra 68 anos de folia em 2015.

Antes dos shows, a prefeitura fará a entrega de placas comemorativas aos homenageados. A solenidade será no Palácio dos Governadores, na Cidade Alta, às 18h. Recebem a placa a família de Ariano Suassuna, o Maracatu Nação Pernambuco, Claudionor Germano, Maestro Duda, a Banda Som da Terra, o Bloco Trinca de Ás, o Clube A Burra do Rosário e o olindense Nivaldo Martiniano dos Santos (Porquinho), bonequeiro e porta-estandarte há mais de 30 anos.

Você pode não lembrar do rosto de Porquinho, mas se é habitué da folia de Olinda, certamente já brincou pelo menos um Carnaval com ele. Nivaldo carregou o boneco do Menino da Tarde por 23 anos, o calunga do Homem da Meia Noite por mais de seis e os estandartes de Vassourinhas, Ceroula, Marin dos Caetés e Pitombeira nas ladeiras da cidade. Aos 79 anos, Maestro Duda ficou emocionado com a homenagem.

"É um orgulho, uma satisfação pessoal para quem está envolvido com a música desde os dez anos de idade”, diz o arranjador, instrumentista e regente José Ursicino da Silva, nascido em Goiana. Maestro Duda tocará no Fortim do Queijo sexta-feira (13) à noite. A Família Salustiano se apresenta no mesmo local às 16h desta quinta-feira (13). 

DECORAÇÃO

O Fortim estará enfeitado com alegorias inspiradas na obra literária e teatral de Ariano Suassuna (1927-2014). O Carnaval 2015 tem como tema Olinda vestida de Sol, numa referência à primeira peça escrita pelo dramaturgo,Uma mulher vestida de Sol, de 1947. A decoração está sendo montada e deve ficar pronta nesta quinta-feira.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias