Cidade Alta

Pitombeira e Elefante desfilam no Carnaval de Olinda

As agremiações esperam pelos foliões no Sítio Histórico, ao som de orquestras de frevo

Da Editoria Cidades
Da Editoria Cidades
Publicado em 16/02/2015 às 7:21
Foto: Guga Matos/JC Imagem
As agremiações esperam pelos foliões no Sítio Histórico, ao som de orquestras de frevo - FOTO: Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Fique ligado porque a Troça Carnavalesca Pitombeira dos Quatro Cantos fará seu famoso desfile a partir das 10h desta segunda-feira (16), em Olinda. A concentração é no mesmo local, a Praça 12 de Março, no Bairro Novo. De lá, a agremiação segue na direção o Sítio Histórico, onde se apresenta desde 1947, com três orquestras de frevo e fantasias de destaque. Se jogue!

Enquanto a rival Pitombeira se exibe pela manhã, Elefante arrasta os fãs pela Rua do Bonfim, na Cidade Alta, a partir das 19h. Com 63 anos de fundação, o clube carnavalesco levará uma orquestra de frevo com 35 músicos, espalhando plumas e alegria pelos Quatro Cantos e Rua do Amparo. “Pode conferir, é uma orquestra boa”, avisa o presidente da agremiação, João Trindade.

Elefante se apresenta novamente na Terça-Feira, no último dia da festa, às 16h, saindo da Praça 12 de Março, no Bairro Novo, passando pela Rua do Sol e recolhendo no Largo do Amparo. Como Pitombeira desfila na Terça-Feira Gorda às 10h da manhã, o encontro dos estandartes resgatado pela prefeitura em 2011, para selar a união entre os dois clubes, não faz parte da programação da Terça-Feira Gorda este ano. Os foliões lamentam.

Se seu destino é o Carmo, que tal se tender ao apelo do Bloco do Minhocão: mil latinhas da cerveja mais gelada do Carnaval, a maravilhosa Orquestra do maestro Luciano Mamão e a participação dos foliões mais bonitos e descolados da folia. Com uma propaganda dessa, tá esperando o quê para se juntar ao grupo? A agremiação desfila ao som do frevo pernambucano, partir das 10h. O ponto de encontro é a Rua de São Bento, por trás da Igreja de São Pedro. Com ou sem a camisa do bloco, é só chegar e cair na farra.

Ainda nesta Segunda-Feira de Carnavaval a Ribeira de Olinda estará pintada de vermelho e amarelo para prestigiar a saída do bloco Eu acho é pouquinho, às 9h. Como todo mundo sabe, a concentração é na Praça Laura Nigro, bem pertinho do mercado. Aliás, a Cidade Alta, hoje, é o reduto das fraldas, chupetas e mamadeiras, com bloquinhos e trocinhas invadindo tudo quanto é ladeira.

A Rua do Amparo vai de samba, com a luxuosa batucada do Patusquinho, a partir das 8h59. Reparem na rebeldia do horário da escola verde e amarela! E a Rua do Bonfim, no Carmo, se rende ao frevo da Troça Infantil Rebylleurinhas, também às 9h. Caprichem nas fantasias e não esqueçam de oferecer muita água aos pequenos foliões. Também não pode faltar protetor solar para proteger a criançada do sol forte.


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias