natação

Phelps tenta primeiro ouro em Londres

Norte-americano disputará os 400m medley, mesma prova do brasileiro Thiago Pereira

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 27/07/2012 às 20:21
Leitura:

Recorde olímpico nas piscinas atende pelo nome de Michael Fred Phelps II. Aos 27 anos, o nadador norte-americano conquistou 16 medalhas – oito ouros em Pequim-2008 e seis ouros e dois bronzes em Atenas-2004 – e se tornou a maior lenda da natação. Em Londres, o prodígio estadunidense quer mais, pretende se tornar o atleta com o maior número de medalhas na história dos Jogos Olímpicos. Faltam três para superar a ginasta soviética Larisa Latynina. Michael Phelps, que competirá em sete categorias, entra na piscina do Centro Aquático para a primeira disputa, nos 400m medley, às 6h (horário de Brasília) deste sábado (28/7).

Thiago Pereira estará na prova representando o Brasil. O carioca Thiago Pereira conquistou a medalha de ouro nos 400m medley do Pan-Americanos de Guadalajara-2011, no México, e vai em busca do primeiro pódio olímpico. Entretanto, a marca de 4min12s52 põe o brasileiro apenas como o 12º melhor da categoria. A maior preocupação do norte-americano Michael Phelps (4min7s89) é com o compatriota e favorito à prova, Ryan Lochte (4min7s6).

“Eu nunca falei do total de medalhas. São vocês (jornalistas) que falam sobre recordes”, disse um descontraído Phelps, sobre a possibilidade de se tornar o maior medalhista dos Jogos Olímpicos. Além dos 400m medley, o norte-americano competirá: 200m medley, 100m e 200m borboleta e os revezamentos 4x100m e 4x200m livre e 4x100m quatro estilos. Se ganhar uma das quatro provas individuais em que está inscrito, Phelps será o primeiro nadador da história a conquistar uma medalha de ouro em uma modalidade em três Jogos consecutivos. E se vencer todas as provas individuais, vai igualar o recorde da russa Latynina. Às 6h26 (Brasília) é a vez da brasileira Daynara de Paula cair na água e disputar os 100m borboleta.

A pernambucana Joanna Maranhão vai nadar sua única prova hoje, às 7h17: os 400m medley. A melhor chance de medalha do Brasil, neste primeiro dia de natação, está voltada para Felipe França, de 25 anos, nos 100m peito, às 7h52. O paulista venceu a categoria no Pan-americano de Guadalajara, em 2011, e no Mundial de Dubai, em 2010, e tem o tempo de 59s63. O favorito da prova é o experiente japonês Kosuke Kitajima, dono do recorde olímpico de 58s90, alcançado em Pequim.

Outro brasileiro que estará na piscina é Felipe Lima, que se classificou para os Jogos Olímpicos com o tempo de 1min0s11. O Centro Aquático ainda abrigará outras duas provas hoje. Às 6h47, será disputada a primeira fase dos 400m livre masculino, quando os olhos estarão voltados para os chineses Yang Sun e Yun Hao, detentores dos melhores tempos. Ja às 8h16 será a primeira fase dorevezamento 4x100 m livre feminino.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias