ILEGAL

Apreendidas toneladas de peixes tirados do Rio Tietê

Na região de Anhembi, centenas de pescadores profissionais vivem da pesca no Rio Tietê

Fábio Jardelino
Fábio Jardelino
Publicado em 01/11/2011 às 16:04
Leitura:

Mais de duas toneladas de peixes de várias espécies capturadas no Rio Tietê foram apreendidas pela Polícia Militar Ambiental no final da noite da segunda-feira (31), no município de Anhembi (SP). A apreensão ocorreu horas antes de ter início o defeso - um conjunto de restrições à pesca por causa da piracema, período de reprodução das espécies.

Os policiais abordaram o caminhão numa rodovia da região. Ao verificar a carga, eles constataram que exemplares de algumas espécies como corimbatá, piava e corvina eram de pequeno porte, em desacordo com a legislação. A forma de transporte também estava irregular. O pescado seria comercializado na capital.

O condutor foi levado para a Delegacia da Polícia Civil de Anhembi e recebeu multa no valor de R$ 2,05 milhões. Ele poderá entrar com recurso. Os peixes apreendidos foram entregues ao zoológico de Piracicaba e serviriam de alimento para os animais. O período da pesca controlada, em razão da piracema, começou nesta terça (1°) e vai até o dia 28 de fevereiro.

Na região de Anhembi, centenas de pescadores profissionais vivem da pesca no Rio Tietê. Durante a piracema, a pesca embarcada, com redes, é proibida em toda a extensão do lago formado pela barragem de Barra Bonita. Também não se pode pescar com qualquer equipamento a 1.500 metros rio acima ou abaixo da barragem. A multa pode chegar a R$ 15 mil, dependendo do tipo de infração.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias