ministério

Senado aprova indicação de Rosa Weber para vaga no STF

Antes de ser aprovada pelo plenário do Senado por 57 votos favoráveis e 14 contrários, Rosa Weber passou por sabatina na Comissão de Constituição e Justiça da Casa, onde também teve o nome aprovado

Millena Gomes
Millena Gomes
Publicado em 13/12/2011 às 17:00
Leitura:

BRASÍLIA - O nome da ministra do Tribunal Superior do Trabalho, Rosa Maria Weber, foi aprovado pelo plenário do Senado para ocupar uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Ela foi indicada pela presidenta Dilma Rousseff para o lugar da Ellen Gracie, que se aposentou como ministra do STF.

Antes de ser aprovada pelo plenário do Senado por 57 votos favoráveis e 14 contrários, Rosa Weber passou por sabatina na Comissão de Constituição e Justiça da Casa, onde também teve o nome aprovado. Alguns senadores chegaram a dizer que a ministra não se saiu bem, deixando de responder algumas perguntas. Isso, segundo ele, prejudica o requisito de notório saber jurídico exigido para os postulantes de cargo de ministro da Suprema Corte.

Apesar disso, o relator, senador Romero Jucá (PMDB-RR), considerou que a ministra tem experiência na Justiça do Trabalho e condição de integrar o quadro de ministra do STF. A reputação ilibada da jurista gaúcha também foi ressaltada como ponto favorável para a sua aprovação.
 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias