Diploma

Dilma veta exigência de diplomação a profissionais

Cabeleireiro, eletricista e maquiador não precisam de diploma para exercer a profissão

Priscila Miranda
Priscila Miranda
Publicado em 19/01/2012 às 8:05
Leitura:

A presidente Dilma Rousseff reconheceu esta quinta-feira (19) o livre exercício das profissões de turismólogo, cabeleireiro, barbeiro, eletricista, manicure, pedicure, depilador e maquiador. Ela vetou dispositivos dos projetos de lei que exigiam a diplomação desses profissionais, sob o argumento de que a Constituição assegura o livre exercício de qualquer trabalho, cabendo a imposição somente se houver a possibilidade de algum dano à sociedade.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias