saúde

Anvisa identifica falsificação e proíbe venda de lote de remédio contra o câncer

De acordo com a resolução, o fabricante do medicamento informou que o lote original é de 2008, com vencimento em 2010

Aline Souza
Aline Souza
Publicado em 07/03/2012 às 10:29
Leitura:

BRASÍLIA – Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada nesta quarta-feira (7) no Diário Oficial da União proíbe a distribuição, o comércio e o uso, em todo o território nacional, do medicamento MabThera 500mg/50ml (rituximabe), lote B6038 com as seguintes informações: VAL 12 2012 FAB 06 2010.

Segundo a Anvisa, a decisão foi tomada por se tratar de falsificação. De acordo com a resolução, o fabricante do medicamento informou que o lote original é de 2008, com vencimento em 2010.

“Portanto, qualquer unidade que apresente datas diferentes deve ser considerada como falsificação”, explicou a Anvisa.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias