Ação

Polícia Federal faz operação para combater fraudes em licitações no Rio

Ao todo, 130 policiais cumprem 58 mandados de busca e apreensão deferidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF)

Milton Raulino
Milton Raulino
Publicado em 07/03/2012 às 13:25
Leitura:

RIO DE JANEIRO - A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira (7), no Rio de Janeiro e em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, a Operação Caríbdis para combater fraudes em processos de licitações. Ao todo, 130 policiais cumprem 58 mandados de busca e apreensão deferidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com nota divulgada pela PF, as investigações apontam suspeitas de irregularidades no processo licitatório envolvendo empresas privadas e a prefeitura de São João de Meriti. As companhias participavam da concorrência pública para fornecer alimentos a creches e escolas municipais e a entidades filantrópicas beneficiadas pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar para o Ensino Fundamental e Creche (Pnae/Pnac).

Segundo a PF, o nome da operação é uma referência à figura da mitologia grega, filha da Terra e de Poseidon. Caríbdis foi fulminada por Zeus e lançada ao mar, transformando-se em um monstro que tudo devorava.

Uma coletiva de imprensa será concedida às 11h, na Superintendência Regional da PF no Rio de Janeiro, na zona portuária, para dar mais informações sobre a ação.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias