Transporte Coletivo

Após 7h de protesto, ônibus voltam a circular em São Paulo

Circulação de 21 linhas de ônibus municipais ficou completamente suspensa durante a manhã desta segunda-feira (7)

Da Agência Estado
Da Agência Estado
Publicado em 07/05/2012 às 16:25
Leitura:

Terminou por volta das 14 horas desta segunda-feira (7) o protesto dos motoristas de cobradores de ônibus na Avenida Francisco Matarazzo, na zona oeste de São Paulo. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (Sindmotoristas-SP), uma reunião foi agendada para a próxima segunda-feira (14).

A circulação de 21 linhas de ônibus municipais ficou completamente suspensa durante a manhã desta segunda-feira. Cerca de 140 motoristas e cobradores de ônibus realizaram um protesto, que ocupou toda a extensão da Avenida Francisco Matarazzo desde as 6h50.

O grupo protestava contra um aparelho de radar da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), localizado na altura do número 455 da avenida, no sentido centro. Segundo o Sindmotoristas, o aparelho estaria multando indevidamente os condutores dos transportes públicos.

Segundo informações do delegado sindical Valdir Feitosa da Silva a CET e a SPTrans já haviam sido notificadas sobre o problema da máquina e chegaram a trocar o aparelho. Mesmo com a troca, o radar voltou a multar os condutores de ônibus.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias