São Paulo

Lula é submetido a cirurgia para retirada de cateter

O tubo estava implantado no peito e por meio do qual ele recebia medicamentos. Após a operação, o ex-presidente foi transferido para um quarto

AE
AE
Publicado em 14/06/2012 às 12:20
Foto: Valter Campanato/ABr
O tubo estava implantado no peito e por meio do qual ele recebia medicamentos. Após a operação, o ex-presidente foi transferido para um quarto - FOTO: Foto: Valter Campanato/ABr
Leitura:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi submetido na manhã desta quinta-feira (14) a um procedimento cirúrgico para a retirada do cateter implantado durante seu tratamento contra um câncer de laringe, diagnosticado em outubro de 2011. A cirurgia, realizada no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, foi feita entre as 9 e 10 horas. Lula foi internado na quarta-feira para o procedimento, que já estava agendado.

De acordo com a assessoria de imprensa do ex-presidente, Lula foi submetido a anestesia geral. O cateter é um tubo de cerca de 10 centímetros de comprimento implantado no peito e por meio do qual ele recebia medicamentos. Após a cirurgia, o ex-presidente foi transferido para um quarto.

Também segundo a assessoria de imprensa, os compromissos de Lula estão sendo reavaliados. Estava previsto, por exemplo, que ele participaria neste sábado da abertura da Arena Socioambiental da Rio+20, mas a previsão é de que esse compromisso seja adiado. Ainda não há previsão de alta do ex-presidente.

Uma nota divulgada na quarta-feira (13) pelo Sírio-Libanês informou que a equipe que cuida do ex-presidente é formada pelos médicos Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, Luiz Paulo Kowalski e João Luiz Fernandes da Silva.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias