sudeste

ANJ condena agressão a cinegrafista e exige punição

Nota é assinada pelo vice-presidente da entidade, responsável pelo Comitê de Liberdade de Expressão

Da AE
Da AE
Publicado em 07/02/2014 às 18:25
Leitura:

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) divulgou nota condenando a agressão ao cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Ilídio Andrade, ferido gravemente na cabeça por um explosivo durante embate na quinta-feira (6), entre manifestantes e policiais militares na Central do Brasil, no Rio.

"Diante da gravidade do fato, que constitui um atentado à liberdade de imprensa, ao direito da população de ser livremente informada e ao cidadão de exercer sua profissão, a ANJ exige que os responsáveis pelo ataque sejam identificados e punidos com todo o rigor."

A nota é assinada pelo vice-presidente da ANJ, Francisco Mesquita Net, responsável pelo Comitê de Liberdade de Expressão.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias