Violência

Frentista é preso após jovem ser morto em ato contra o preço da gasolina

O jovem, de 15 anos, estava em um grupo de 40 pessoas que participavam do protesto

Folhapress
Folhapress
Publicado em 12/02/2015 às 20:25
Foto: Rafael Neddermeyer /Fotos Públicas
O jovem, de 15 anos, estava em um grupo de 40 pessoas que participavam do protesto - FOTO: Foto: Rafael Neddermeyer /Fotos Públicas
Leitura:

O frentista de um posto de gasolina foi preso em flagrante, na noite desta quarta-feira (11), pela morte de um adolescente que participava de um protesto contra o aumento no preço do combustível no Distrito Federal.

O jovem, de 15 anos, estava em um grupo que, em protesto contra a alta nos preços, pedia para abastecer os carros em um posto de gasolina no valor correspondente a R$ 0,50 e pagava no cartão de crédito.

Cerca de 40 pessoas participavam do protesto, segundo relatos de testemunhas à Polícia Militar do Distrito Federal. O caso ocorreu no setor norte de Planaltina.

Incomodado com a situação, o frentista abasteceu um dos veículos no valor de R$ 50, o que gerou uma discussão com o adolescente. Após atirar contra o garoto, o frentista tentou fugir em uma motocicleta, mas acabou preso em flagrante por policiais que estavam próximos ao posto de gasolina. O adolescente morreu no local.

Segundo informações da Polícia Civil do DF, o frentista foi localizado no Jardim Roriz e não resistiu à prisão. O caso será investigado pelo 31º Distrito Policial de Planaltina.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias