Petrobras

Duas vítimas de acidente em plataforma no Espírito Santo continuam internadas

Pelo menos seis pessoas morreram e 33 precisaram de cuidados médicos, dos quais 31 já receberam alta

Da Agência Brasil
Da Agência Brasil
Publicado em 25/02/2015 às 8:12
Foto: Petrobras/ Divulgação
Pelo menos seis pessoas morreram e 33 precisaram de cuidados médicos, dos quais 31 já receberam alta - FOTO: Foto: Petrobras/ Divulgação
Leitura:

Um  funcionário do navio-plataforma Cidade de São Mateus, cuja sala de bombas explodiu no dia 11 de fevereiro, em Vitória, no Espírito Santo, teve alta ontem (24). Segundo nota divulgada pela empresa BW Offshore, que opera a plataforma a serviço da Petrobras. Os dois internados estão em uma situação estável.

No acidente, pelo menos seis pessoas morreram e 33 precisaram de cuidados médicos, dos quais 31 já receberam alta. As buscas por três funcionários desaparecidos continuam.

A BW Offshore informou que continua mantendo trabalhos dentro da plataforma, para mantê-la estável e garantir que as buscas sejam feitas em segurança. A Cidade de São Mateus produzia petróleo nos campos de Camarupim e Camarupim Norte, na Bacia do Espírito Santo, cuja petrolífera operadora é a Petrobras.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias