Suíça

Homem é condenado por estupro após sexo sem camisinha sem a parceira saber

Segundo juiz que determinou a acusação, o réu não ter cumprido o combinado de utilizar camisinha durante o sexo constitui um caso de abuso sexual

JC Online
JC Online
Publicado em 12/01/2017 às 9:14
Foto: Reprodução
Segundo juiz que determinou a acusação, o réu não ter cumprido o combinado de utilizar camisinha durante o sexo constitui um caso de abuso sexual - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

A Corte Criminal de Lausanne, cidade localizada na parte oeste da Suíça, condenou um homem por estupro após ter feito sexo sem camisinha sem que a sua parceira soubesse.

Para o juiz que determinou o caso, o réu não ter cumprido o combinado de utilizar a proteção durante a relação contitui um caso de abuso sexual.

Homem teria tirado a camisinha durante o sexo

De acordo com informações do site "The Local", os dois se conheceram através do Tinder, um aplicativo de paquera. No segundo encontro entre os dois, eles iniciaram uma relaxão sexual com o preservativo. Porém, durante a relação, o homem, um francês de 47 anos, retirou a camisinha, algo que a mulher só percebeu ao fim do sexo.

O julgamento ocorreu na última segunda-feira (9), e o francês foi condenado a 12 meses de prisão. A sentença, no entanto, foi suspensa e ele ficará em observação pela Justiça da Suíça. O advogado de defesa afirmou que é a primeira vez que uma decisão do tipo foi tomada na Suíça.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias