Morte no Habib's

IML confirma morte cardíaca de adolescente perseguido por seguranças

Adolescente foi perseguido por seguranças do Habib's. Laudo conclui que houve "abuso crônico de drogas"

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 12/04/2017 às 21:34
Reprodução/Internet
Adolescente foi perseguido por seguranças do Habib's. Laudo conclui que houve "abuso crônico de drogas" - FOTO: Reprodução/Internet
Leitura:

O Instituto Médico Legal (IML) de São Paulo confirmou hoje (12) o laudo inicial da morte de João Victor de Souza Carvalho, de 13 anos. O exame diz que ele morreu “por origem cardíaca com o abuso crônico de drogas”. O adolescente morreu em frente ao restaurante Habib's no dia 26 de fevereiro. A família e testemunhas culpam dois funcionários da rede de restaurantes, que são vistos em imagens de câmera de segurança arrastando e abandonando o corpo do adolescente na calçada. Decisão da Justiça determinou a exumação do corpo para que fosse feito o novo laudo.

O exame diz ainda que não foram encontradas lesões traumáticas como responsáveis pela morte e que foram feitos exames de tomografia computadorizada. “Os exames histológicos realizados no coração de João Vitor evidenciaram, novamente, lesões crônicas e extensas causadas por uso de drogas, a saber, cocaína e tricloroetileno, compatíveis com coração de indivíduo idoso, de cerca de 90 anos, apesar de o jovem ter apenas 13 anos”, diz nota enviada pela Secretaria de Segurança Pública. O corpo de João Vitor foi exumado no dia 3 de abril.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias