Boa Ação

Publicitários lançam jogo 'do bem' em resposta ao Baleia Azul

Como resposta, os idealizadores buscaram atividades contrárias ao 'jogo', com postagens otimistas, divulgando 50 tarefas que espalham o bem

Vinícius Barros
Vinícius Barros
Publicado em 19/04/2017 às 10:08
Foto: Facebook/reprodução
Como resposta, os idealizadores buscaram atividades contrárias ao 'jogo', com postagens otimistas, divulgando 50 tarefas que espalham o bem - Foto: Facebook/reprodução
Leitura:

Dois publicitários de São Paulo apostaram nas boas atitudes como maneira de combater os avanços da Baleia Azul, jogo surgido na Rússia que incentiva o suicídio. Intitulada Baleia Rosa, a página já reúne mais de 87 mil seguidores no Facebook. “Meu amigo começou a me contar o que era o jogo Baleia Azul. Vi uns vídeos de youtubers falando sobre o assunto e fui atrás da lista (de tarefas). Fiquei muito mal com o que eu li”, explica um dos criadores da página, de 30 anos.

Como resposta, os idealizadores buscaram atividades contrárias ao 'jogo', com postagens otimistas, divulgando 50 tarefas que espalham o bem para quem pratica e para quem recebe a ação. “Fomos lendo a lista da Baleia Azul e tentamos fazer o extremo oposto”, contou a publicitária.

 

A estratégia de divulgação do Baleia Rosa foi direta ao ponto, segundo uma das criadoras. “Fiz um pequeno anúncio no Facebook e marquei no filtro as pessoas mais propícias a buscar a Baleia Azul. Minha intenção era chegar às pessoas que estavam buscando o ‘errado’ pra dar outra visão a elas”.

Repercussão

A repercussão da 'corrente do bem' já vem dando resultados positivos, com comentários de professores interessados em aplicar o método com estudantes nas escolas. Além deles, pessoas que sofrem com depressão já entraram em contato também. Nestes casos, a dupla de criadores conta com a ajuda de uma amiga psicóloga para responder aos usuários. "“Em alguns casos, orientamos para procurar o CVV (Centro de Valorização da Vida)”, explica.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias