Orgulho

Desabafo de vendedora de picolé que sofreu preconceito viraliza nas redes

Na mensagem, Bruna afirma o orgulho que sente do trabalho que exerce

JC Online
JC Online
Publicado em 03/11/2017 às 10:18
Foto: reprodução
Na mensagem, Bruna afirma o orgulho que sente do trabalho que exerce - FOTO: Foto: reprodução
Leitura:

Uma vendedora de picolés desabafou em sua conta no Facebook após ser alvo de preconceito na cidade de Jales, no interior de São Paulo, por causa da profissão.

Segundo o relato, duas jovens passaram de moto e zombaram de Bruna Atanazio, de 22 anos. O texto, postado pela vendedora no último dia 28 de outubro, já alcançou mais de 100 mil curtidas e quase 15 mil compartilhamentos. Na mensagem, Bruna afirma o orgulho que sente do trabalho que exerce. "seja vocês quem forem gostaria de dizer que no fim do dia eu tinha meus R$74 reais muito suado e honesto", disse.

Em entrevista ao G1, ela explicou como as jovens da motocicleta agiram. "Elas não me xingaram, mas, quando passaram por mim, riram. Quem não precisa de dinheiro tem vergonha de trabalhar como eu trabalho. Não tem coragem de fazer o que eu faço", contou.

Post

Entre os comentários, várias mensagens de apoio incentivaram a atitude da vendedora: 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias