Homicídios

Morre o 134º PM assassinado no Rio em 2017

Renato Fagundes foi alvo de tiros após reagir a um assalto na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu

Estadão Conteúdo Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 30/12/2017 às 19:41
Foto: Divulgação
Renato Fagundes foi alvo de tiros após reagir a um assalto na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

Um sargento reformado foi o 134º policial militar assassinado no Estado do Rio de Janeiro em 2017. Renato Fagundes de Almeida, de 47 anos, morreu em São Gonçalo (Região Metropolitana do Rio) na tarde deste sábado.

Segundo a polícia, o PM reagiu a um assalto quando estava perto de uma padaria no bairro Monjolos e acabou sendo alvo de tiros dos assaltantes, que conseguiram fugir. O sargento chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Estadual Alberto Gomes, em São Gonçalo, onde morreu durante o atendimento. O último posto de Almeida foi no 12º Batalhão, em Niterói, também na Região Metropolitana.

A Polícia Militar do estado do Rio de Janeiro emitiu nota de pesar em seu perfil do Twitter pelo falecimento de Renato Fagundes.

133º

Na sexta-feira, outro sargento reformado também havia sido morto por criminosos. Gilmar Alves Pessoa morreu baleado dentro de um bar na Vila Rosali, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense O PM chegou a ser levado ao Posto de Assistência Médica (PAM) da região, mas acabou morrendo.

Últimas notícias