INVESTIGAÇÃO

Temer pede celeridade na solução do assassinato de Marielle

O presidente conversou, na última sexta-feira (16), com o interventor na segurança pública do Rio

Anderson Nascimento
Anderson Nascimento
Publicado em 19/03/2018 às 15:30
Foto: MARIO VASCONCELLOS / RIO DE JANEIRO MUNICIPAL CHAMBER / AFP
O presidente conversou, na última sexta-feira (16), com o interventor na segurança pública do Rio - FOTO: Foto: MARIO VASCONCELLOS / RIO DE JANEIRO MUNICIPAL CHAMBER / AFP
Leitura:

O presidente Michel Temer conversou na última sexta-feira (16) com o general Braga Netto, interventor na segurança pública do Rio de Janeiro para pedir celeridade nas investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista Anderson Gomes.

“A determinação é para apurar no menor prazo possível. Falei, inclusive, com o general Braga na sexta-feira para envidar todos os esforços e todos os recursos disponíveis para logo solucionar essa questão”, disse Temer a jornalistas após solenidade de abertura do 8º Fórum Mundial da Água.

Marielle foi assassinada na noite da última quarta-feira (14) com quatro tiros na cabeça, quando ia para casa no bairro da Tijuca, zona norte do Rio, retornando de um evento ligado ao movimento negro, na Lapa. A parlamentar viajava no banco de trás do carro, quando os criminosos emparelharam com o carro e atiraram nove vezes. Anderson também foi alvejado e morreu. Uma assessora que também estava no carro sobreviveu ao ataque.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias