Angra dos Reis

Corpo é estendido em rodovia no RJ em protesto contra operação policial

Manifestantes são da comunidade de Lambicada

Thiago Wagner Thiago Wagner
Thiago Wagner
Thiago Wagner
Publicado em 24/05/2019 às 14:01
Notícia
Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal
Manifestantes são da comunidade de Lambicada - Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal
Leitura:

Atualizada às 15h21

Um protesto contra uma operação realizada pela Polícia Militar em Angra dos Reis, na Costa Verde, na região sul do Rio de Janeiro, ocorreu na manhã desta sexta-feira, 24. Os manifestantes, da comunidade da Lambicada, levaram um corpo para a BR-101, na altura do quilômetro 454, fechando as duas pistas da Rodovia Rio-Santos. Eles também atearam fogo em pneus.

O corpo seria de uma pessoa que morreu na última quinta-feira, 23, durante uma ação da PM, e que não teria sido removido pelo Instituto Médico Legal. Em protesto, os moradores levaram o corpo em um carrinho de mão até a pista.

RESPOSTA DA PM

Em nota oficial, a assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que, na noite de quinta-feira, policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) apreenderam armas e drogas na comunidade do Frade, em Angra dos Reis, mas ninguém teria morrido.

"Equipes policiais em patrulhamento na comunidade foram recebidas a tiros e ocorreu confronto", disse a nota. "Não houve relatos de feridos ou socorro feitos pelas equipes policiais."

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias