PERIGO

Defesa Civil interdita prédio em Fortaleza por risco de desabamento

Pelo menos três famílias moradoras do Edifício Modigliane, localizado no Bairro de Fátima, saíram dos apartamentos, após rachaduras aumentarem

De O Povo para a Rede Nordeste
De O Povo para a Rede Nordeste
Publicado em 31/10/2019 às 7:18
Foto: ALEX GOMES/Especial para O POVO
Pelo menos três famílias moradoras do Edifício Modigliane, localizado no Bairro de Fátima, saíram dos apartamentos, após rachaduras aumentarem - FOTO: Foto: ALEX GOMES/Especial para O POVO
Leitura:

O Edifício Modigliane, localizado no Bairro de Fátima, em Fortaleza, foi interditado pela Defesa Civil por risco de desabamento. Mais cedo, pelo menos três famílias moradoras do prédio saíram dos apartamentos, após rachaduras aumentarem, nessa quarta-feira (30). A Defesa Civil conversou com os moradores que ainda permanecem no local e instruiu que não dormissem no prédio nessa quarta. Mesmo com a instrução do órgão, alguns moradores se recusaram a sair e precisaram assinar um termo de responsabilidade. 

"Considerando a gravidade da situação do referido imóvel, que apresenta inclusive risco à vida", diz documento da Defesa Civil que justifica a decisão. No auto, foi constatado "alto risco" à segurança e informou ainda que o responsável pelo imóvel deve providenciar a desocupação, além do desligamento de serviços como água e energia elétrica.

De acordo com os condôminos, a construção, que fica a 100 metros da avenida Aguanambi na rua João Lobo Filho, 323, tem aproximadamente 30 anos e passa por reforma desde segunda-feira (28). Equipes da Defesa Civil do Município estiveram no local para realizar avaliações da estrutura, no fim da tarde desta quarta.

Leia a matéria original clicando aqui.

Últimas notícias