Procurado

Porta dos Fundos: Disque-denúncia oferece R$ 2 mil por informações sobre suspeito de ataque

Eduardo Falzi Richard Cerquise, considerado foragido, divulgou nesta quarta (1º) ele vídeo em que chama os humoristas da Porta dos Fundos de intolerantes

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 01/01/2020 às 20:25
Foto: Reprodução/Twitter
Eduardo Falzi Richard Cerquise, considerado foragido, divulgou nesta quarta (1º) ele vídeo em que chama os humoristas da Porta dos Fundos de intolerantes - FOTO: Foto: Reprodução/Twitter
Leitura:

O Portal dos Procurados, programa que divulga os principais criminosos foragidos do estado do Rio de Janeiro, divulgou um cartaz nesta quarta-feira (1º) anunciando uma recompensa de R$ 2 mil para quem tenha "informações exatas" sobre Eduardo Falzi Richard Cerquise, um dos suspeitos de participação no ataque à produtora Porta dos Fundos na véspera de natal (24). 

O Portal dos Procurados é um programa feito em parceria entre o Disque-Denúncia e a Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro, por meio da Subsecretaria de Inteligência e da Assessoria de Comunicação.

Segundo o post, as informações vão ajudar a 10º Delegacia da Polícia Civil do bairro de Botafogo, na capital Rio de Janeiro a prender o suspeito. 

A Polícia fez uma operação nesta terça-feira (31) para prender Eduardo Fauzi, mas ele não foi encontrado e, portanto, é considerado foragido. Na sua residência, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio da Janeiro, foram apreendidos R$ 119 mil, munição, uma arma falsa, computador e uma camisa de entidade filosófica e política

Foragido

Mesmo foragido, Eduardo Fauzi Richard Cerquise divulgou um vídeo na tarde desta quarta (1º) em que faz críticas ao grupo de humoristas do Porta dos Fundos, classificando-os "como intolerantes". 

Um grupo que se diz formado por "integralistas" divulgou vídeo em que reivindica a autoria do ataques, ocorrido devido ao filme especial de Natal do Porta dos Fundos, disponível na Netflix, que segundo eles, satiriza Jesus Cristo pelo fato do personagem namorar outro homem. 

Veja o momento do ataque

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias