conflitos

China adverte EUA para que não intervenham em disputa

As reivindicações territoriais podem agravar as tensões na região

Isabela Lemos
Isabela Lemos
Publicado em 22/06/2011 às 15:06
Leitura:

A China pediu nesta quarta-feira (22) que os Estados Unidos não intervenham em uma disputa territorial no Mar do Sul da China. Pequim acrescentou que, se Washington se envolver, deve garantir que outras nações não provoquem conflitos.

O vice-ministro das Relações Exteriores da China, Cui Tiankai, disse nesta quarta (22) que o governo dos EUA corre o risco de se ver arrastado para um conflito e que as reivindicações territoriais podem agravar as tensões na região.

As reclamações em torno de ilhas e arrecifes neste mar cresceram recentemente, pois Vietnã e Filipinas denunciaram incursões e provocações chinesas, enquanto o governo de Pequim respondeu acusando outras nações de cometerem atos de provocação. Os EUA consideram essas rotas marítimas de importância estratégica e por isso o governo vietnamita pediu aos norte-americanos que se envolvam na questão.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias