ecologia

Cacique Raoni planta uma árvore no parque de um castelo da França

O chefe da tribo dos Kayapós irá na terça-feira (27) a Paris, onde será nomeado cidadão de honra

Isabela Lemos
Isabela Lemos
Publicado em 24/09/2011 às 13:33
Leitura:

CASTILLO DE CHEVERNY - O cacique brasileiro Raoni plantou simbolicamente neste sábado (24) uma árvore no parque do Castelo de Cheverny, um dos mais célebres do Vale do Loire, durante uma visita à França em busca de fundos para a
 demarcação de sua reserva na Amazônia.

"É uma viagem privada", informaram à AFP fontes da assessoria do cacique que, na quinta-feira, operou sua cataratas gratuitamente numa clínica particular de Nantes, oeste da França. Apesar de ser um férreo opositor ao projeto da represa de Belo Monte, Raoni se negou a falar disso desta vez porque, segundo ele, é um tema que deve ser discutido no Brasil.

Na França, Raoni tinha previsto reunir-se com várias personalidades para arrecadar fundos, ou seja, os 400.000 dólares necessários para sua reserva de 180.000 km2, "o único pedaço da Amazônia que não foi destruída", segundo os defensores de sua causa. O octogenário cacique ficou famoso graças ao apoio do cantor Sting.

O chefe da tribo dos Kayapós irá na terça-feira (27) a Paris, onde será nomeado cidadão de honra. Raoni já visitou a França em 2010 e afirmou então que estava disposto a travar uma guerra contra o projeto de Belo Monte.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias