alerta

ONU alerta para ressurgência dos mercenários no mundo

Painel sobre o uso de tropas mercenárias afirma que forças mercenárias na Líbia e na Costa do Marfim se envolveram em sérias violações aos direitos humanos, além de empresas privadas de segurança no Iraque e em outros países

Emídia Felipe
Emídia Felipe
Publicado em 01/11/2011 às 20:42
Leitura:

Um grupo de especialistas da Organização das Nações Unidas (ONU) alertou nesta terça-feira (1º) que está em pleno curso um aumento alarmante no uso de mercenários ao redor do mundo. A ressurgência da atividade mercenária foi reportada em relatório e os especialistas também disseram que houve expansão nas empresas de segurança que operam sem nenhuma regulamentação ou prestação de contas aos direitos humanos.

O painel de cinco especialistas sobre o uso de tropas mercenárias disse em audiência à Assembleia Geral da ONU que forças mercenárias na Líbia e na Costa do Marfim se envolveram em sérias violações aos direitos humanos, bem como empresas privadas de segurança no Iraque e em outros países.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias