violência

Dois ataques matam 16 pessoas no sul do Afeganistão

Um suicida em uma motocicleta matou 10 civis e dois policiais no primeiro ataque, enquanto um agente do setor de inteligência estava entre os mortos no segundo atentado, causado por uma mina

Emídia Felipe
Emídia Felipe
Publicado em 19/01/2012 às 7:31
Leitura:

Dois ataques com horas de diferença na província de Helmand, no sul do Afeganistão, deixaram 16 mortos e mais de 20 feridos nesta quinta-feira (19), segundo funcionários. Um suicida em uma motocicleta matou 10 civis e dois policiais no primeiro ataque, enquanto um agente do setor de inteligência estava entre os mortos no segundo atentado, causado por uma mina. Esse segundo ataque foi reivindicado pelo Taleban.

"Pelo menos 12 pessoas foram mortas e mais de 20 outras se feriram em um ataque suicida no distrito de Kajake, da província de Helmand", afirmou o agente de segurança Mohd Ismail Hotak.

Duas horas depois, um agente de inteligência local, dois guarda-costas e um civil foram mortos na explosão de uma mina, segundo Daud Ahmadi, porta-voz do governador provincial. O Taleban reivindicou apenas esse último ataque, ainda que o primeiro também tenha as marcas do movimento islamita. O vice-diretor do Diretório de Segurança Nacional do distrito de Nad Ali foi o principal alvo da mina.

O Taleban foi derrubado no fim de 2001 pela invasão liderada pelos EUA. O grupo desde então lança uma insurgência contra o governo e as tropas estrangeiras. Há ainda cerca de 130 mil soldados estrangeiros no país.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias