Indenização

News Corp pagará indenização a 19 vítimas de grampos

Entre as vítimas que receberão os pagamentos estão o ator Jude Law, o jogador de futebol Ashley Cole e o ex-vice-primeiro-ministro John Prescott

Priscila Miranda
Priscila Miranda
Publicado em 19/01/2012 às 8:16
Leitura:

O conglomerado de mídia de Rupert Murdoch, News Corp, concordou nesta quinta-feira (19) em pagar indenizações a 19 vítimas de escutas ilegais realizadas por um tabloide do grupo. Essas vítimas estão entre as 58 pessoas que processam o News Group, após a suposta interceptação realizada em seus celulares por funcionários do tabloide News of the World.

O escândalo levou a News Corp a interromper a circulação do periódico. Detalhes sobre o acordo foram divulgados em uma audiência realizada em um tribunal de Londres nesta quinta-feira.

Segundo o site do jornal Guardian, as pessoas supostamente alvos dos grampos afirmam que diretores do News Group sabiam do envolvimento de jornalistas do tabloide em práticas ilegais, e também que a empresa deliberadamente destruiu provas e tentou enganar investigadores. O Guardian estima que as indenizações podem custar ao News Group "pelo menos 10 milhões de libras em custos e danos".

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias