VIOLÊNCIA

Síria: governo confirma assassinato de general em Hama

"Um general de brigada e dois membros das forças de segurança foram martirizados nesta quinta-feira pelo fogo de grupos terroristas no bairro de Jarajmeh em Hama", diz o texto da Sana

Aline Souza
Aline Souza
Publicado em 19/01/2012 às 22:30
Leitura:

O governo da Síria confirmou na noite desta quinta-feira (19), através da agência estatal de notícias Sana, que o general de brigada Abdel Mustafá foi morto em Hama, mas atribuiu a morte do militar não a desertores, como informaram os grupos da oposição, e sim a um atentado terrorista que destruiu a tiros o automóvel do general.

"Um general de brigada e dois membros das forças de segurança foram martirizados nesta quinta-feira pelo fogo de grupos terroristas no bairro de Jarajmeh em Hama", diz o texto da Sana. A agência exibiu imagens dos corpos destroçados das vítimas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias