Desastre

Inundação no Afeganistão deixa 26 mortos e 100 desaparecidos

Vinte e um dos mortos participavam de um casamento. Cerca de 40 casas foram completamente destruídas pela inundação

Da AFP
Da AFP
Publicado em 07/05/2012 às 13:15
Leitura:

CABUL - Pelo menos 26 pessoas morreram e cem estão desaparecidas depois que uma inundação atingiu três povoados do norte do Afeganistão, em um dos quais um casamento era celebrado, informou nesta segunda-feira uma autoridade local.

"Localizamos 26 corpos, a maior parte mulheres e crianças. Mais de cem pessoas ainda estão desaparecidas", indicou à AFP Fazlullah Sadat, que dirige a autoridade de gestão de desastres na província de Sari Pul.

Vinte e um dos mortos participavam de um casamento. Cerca de 40 casas foram completamente destruídas pela inundação, indicou esta fonte, acrescentando que equipes de socorro estão mobilizadas para encontrar os desaparecidos e que a água também havia matado o gado e arrasado terras agrícolas.

O Ministério da Defesa enviou dois helicópteros para a região atingida. Altos funcionários afegãos e membros do Programa Mundial de Alimentos (PMA) distribuem barracas, cobertores, edredons, recipientes de água, sacos de arroz e medicamentos para as vítimas.

O Afeganistão teve o inverno mais rigoroso dos últimos 15 anos, marcado por intensas nevascas que provocaram avalanches mortais. Em uma delas, ocorrida em meados de março, morreram 50 pessoas e outras 145 foram dadas como desaparecidas.

O degelo nas regiões montanhosas do norte do país causa inundações devastadoras.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias