Javier Calle Serna

Um dos principais traficantes da Colômbia se entrega às autoridades dos EUA

O traficante e o irmão faziam parte do clã conhecido como "Los Comba" e pertenciam a um dos principais grupos de tráfico da Colômbia

Da AFP
Da AFP
Publicado em 07/05/2012 às 13:53
Leitura:

BOGOTÁ (Colômbia) - Um dos principais chefes do narcotráfico na Colômbia, Javier Calle Serna, se entregou na sexta-feira (4), na ilha de Aruba (Antilhas holandesas,) à agência de combate às drogas americana (DEA) e se encontra neste momento em Nova Iorque, anunciou em Bogotá o chefe da Polícia, José Roberto León.

"Na sexta-feira passada, em Aruba, ele se entregou à DEA e foi transferido para Nova Iorque, onde há um requerimento judicial", disse o oficial em coletiva de imprensa nesta segunda-feira.

"Por causa da pressão da Polícia Nacional (...) ele (Calle Serna) conseguiu uma aproximação com as autoridades norte-americanas", disse León, subdiretor da Polícia Nacional.

Javier Calle Serna e seu irmão Luis Enrique formavam um clã conhecido como 'Los Comba' (combatentes) e eram considerados os maiores chefes de 'Los Rastrojos', um dos principais grupos de traficantes de drogas colombianos.

As autoridades acusam Los Rastrojos de ligações com o cartel mexicano de Sinaloa e de protegerem o costarriquenho Alejandro Jiménez (conhecido como Palidejo), que foi detido em março na Colômbia pelo assassinato do poeta argentino Facundo Cabral no ano passado.

Segundo o ministro da Justiça da Colômbia, Juan Carlos Esguerra, o chefe do tráfico "negociou sua entrega" com as autoridades americanas "e provavelmente o que será feito durante a investigação e o julgamento de seus crimes".

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias