diplomacia

Erdogan diz que Turquia não tem intenção de atacar Síria

Na véspera, em um discurso perante os deputados de seu partido Justiça e Desenvolvimento (AKP, islamita), o primeiro-ministro disse que a Turquia responderá "com determinação" a qualquer violação de sua fronteira

Da Agência Estado
Da Agência Estado
Publicado em 27/06/2012 às 9:50
Leitura:

ANCARA - O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, assegurou nesta quarta-feira (27) que a Turquia não tem a intenção de atacar a Síria, depois que um caça turco foi derrubado na última sexta-feira (22) pelo país vizinho. "A Turquia, o povo turco, não tem intenção de atacar" a Síria, disse o primeiro-ministro, citado pela agência de notícias Anatolia, no lançamento do primeiro avião militar de fabricação turca, chamado Hurkus.

Na véspera, em um discurso perante os deputados de seu partido Justiça e Desenvolvimento (AKP, islamita), o primeiro-ministro disse que a Turquia responderá "com determinação" a qualquer violação de sua fronteira e classificou de "ditador sanguinário" o presidente sírio Bashar al-Assad.

"Qualquer elemento militar procedente da Síria que represente um risco e um perigo de segurança para a fronteira turca será considerado um alvo" militar, afirmou.

"Este último acontecimento mostra que o regime de Assad se converteu em uma ameaça aberta e próxima tanto para a segurança da Turquia quanto para seu próprio povo", disse Erdogan referindo-se à queda do avião. A Turquia responderá "em tempo oportuno" e com "determinação", insistiu o primeiro-ministro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias