Conflito

Peru: 49 professores feridos durante confronto com polícia

O choque ocorreu quando dezenas de professores em greve tentaram bloquear com pedras um trecho da estrada regional Chalhuanca-Abancay-Curahuasi

AFP
AFP
Publicado em 05/07/2012 às 7:34
Leitura:

LIMA - Ao menos 49 professores ficaram feridos nesta quarta-feira (4) durante um protesto sindical por aumentos salariais que degenerou em confronto com a polícia na região de Apurímac, no sudeste peruano, informou uma fonte médica citada pela imprensa local.

O choque ocorreu quando dezenas de professores em greve tentaram bloquear com pedras um trecho da estrada regional Chalhuanca-Abancay-Curahuasi.

Os feridos não correm risco de morte e foram levados ao hospital de Abancay (sudeste), assinalaram fontes do centro médico, citadas por diversos veículos de comunicação.

Três professores foram atingidos por balas de borracha disparadas pela polícia e os demais sofreram contusões por golpes de cassetete.

O governador do Apurímac, Elías Segovia, disse ao Canal N de televisão que o confronto deixou vários feridos e provocou a interrupção do tráfego por várias horas em direção a Abancay, capital desta região, uma das mais pobres do Peru.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias