EUA

'The Economist' apoia Obama

Publicação tem uma circulação mundial de 1,57 milhão de exemplares, com uma tiragem de 850.000 somente nos Estados Unidos

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 01/11/2012 às 16:35
Foto: JEWEL SAMAD / AFP
Publicação tem uma circulação mundial de 1,57 milhão de exemplares, com uma tiragem de 850.000 somente nos Estados Unidos - Foto: JEWEL SAMAD / AFP
Leitura:

"The Economist" declarou nesta quinta-feira (1º) seu apoio à reeleição do presidente Barack Obama, embora não tenha demonstrado o mesmo entusiasmo de quatro anos atrás.

"Essa escolha se baseia em duas perguntas: Obama tem sido um bom presidente, especialmente nas principais questões referentes à economia e à política externa? Os Estados Unidos podem realmente confiar que o sempre inconstante Mitt Romney fará um trabalho melhor? Com base nisso, o democrata merece ser reeleito", afirma a respeitada publicação britânica.

Em síntese, o jornal apoia Obama dentro do espírito "dos males, o menor".

The Economist tem uma circulação mundial de 1,57 milhão de exemplares, com uma tiragem de 850.000 somente nos Estados Unidos. Seu site registrou a visita de 14 milhões de pessoas em julho de 2012.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias