atentado

Explosão de bomba no Paquistão deixa 28 mortos

Bomba explodiu do lado de fora de uma mesquita xiita quando as pessoas estavam deixando o local após as orações noturnas

Thiago Neuenschwander Cavalcante
Thiago Neuenschwander Cavalcante
Publicado em 03/03/2013 às 16:16
Foto: Asif Hassan/AFP
Bomba explodiu do lado de fora de uma mesquita xiita quando as pessoas estavam deixando o local após as orações noturnas - Foto: Asif Hassan/AFP
Leitura:

A explosão de uma bomba matou 28 pessoas e deixou pelo menos 50 feridas neste domingo em um distrito dominado por muçulmanos xiitas em Karachi, no Paquistão. A bomba explodiu do lado de fora de uma mesquita xiita quando as pessoas estavam deixando o local após as orações noturnas, disse um policial.

Segundo um funcionário do governo, é possível que outras pessoas estejam sob os escombros dos prédios que desmoronaram com a explosão. De acordo com relatos inicias, a bomba estava em uma motocicleta, mas os escombros indicam que explosivos podem ter sido colocados em outros pontos do local.

Nenhum grupo reivindicou a autoria do atentado, mas há suspeitas de que militantes sunitas ligados à Al-Qaeda e ao Taleban estejam por trás do ataque. No último ano, grupos militantes sunitas intensificaram os ataques contra os xiitas, que representam cerca de 20% da população do país, de 180 milhões de habitantes.

Dois atentados a bomba contra uma comunidade xiita na cidade de Quetta deixaram quase 200 mortos desde 10 de janeiro. O grupo Lashkar-e-Jhangvi assumiu a autoria dos ataques. Os serviços de inteligência do Paquistão financiaram grupos como o Lashkar-e-Jhangvi nas décadas de 1980 e 1990 para combater uma possível ameaça do Irã, cuja população é de maioria xiita. O grupo passou a ser considerado ilegal em 2001, mas continua a atacar xiitas.

Segundo o grupo de direitos humanos Human Rights Watch, mais de 400 muçulmanos xiitas foram mortos no ano passado em ataques no país.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias