EUA

Sete marines americanos morrem em acidente durante treinamento

Acidente aconteceu pouco antes das 22h de segunda-feira (2h de terça, horário do Recife) durante um exercício de treinamento em Nevada

Da AFP
Da AFP
Publicado em 19/03/2013 às 16:21
Foto: Christopher O?Quin/US Marine Corps/AFP
Acidente aconteceu pouco antes das 22h de segunda-feira (2h de terça, horário do Recife) durante um exercício de treinamento em Nevada - FOTO: Foto: Christopher O?Quin/US Marine Corps/AFP
Leitura:

WASHINGTON - Uma explosão acidental ocorrida na noite de segunda-feira deixou sete mortos e vários feridos na base militar de Hawthorne, Nevada (oeste), anunciou o porta-voz dos marines americanos, capitão Binford Strickland.
   
O acidente aconteceu pouco antes das 22h de segunda-feira (02h00 de terça, horário do Recife) durante um exercício de treinamento realizado na base, utilizada principalmente para armazenar equipamentos militares e munição.

Os feridos, cujo número exato não foi informado, foram hospitalizados. É uma tragédia", declarou o porta-voz da Casa Branca Jay Carney, que anunciou que o presidente foi "informado imediatamente" da
situação.

O secretário da Defesa Chuck Hagel, "informado regularmente" do acidente, está "profundamente comovido" com a notícia, ressaltou o porta-voz do Pentágono, George Little. Todas as vítimas integravam a 2ª divisão dos Marines, localizada em Camp Lejeune, Carolina do Norte (sudeste).

"Lamentamos estas mortes e é com pesar que guardaremos a memória de sua coragem e seu sacrifício", declarou o general de divisão Raymond C. Fox, comandante do corpo de Marines.

Segundo as primeiras informações, o acidente aconteceu durante um treinamento com munição real, em vez de munição de treinamento, sem explosivos. Um morteiro de 60 mm, explodiu em seu tubo, antes de ser disparado.

A base de Hawtorne ocupa um gigantesco terreno de 600 km2 situado no deserto, no oeste de Nevada. Possui mais de 2.000 bunkers e seu terreno acidentado é utilizado para treinar as tropas que se preparam para ser mobilizadas no Afeganistão.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias